CANCIONEIRO DO SERTÃO

***********************




Sob um teto estrelado,
O caboclo apaixonado,
Põe-se a cantar.
Inspirado na lua e
A mata iluminada,
Trovas e canções,
Faz o coração de uma cabocla despertar.
Sua alma “agiganta”,
Seus poemas bravios,
Faz a viola chorar.
O sertão florido,
E o perfume das flores,
Embriaga a alma do poeta.

Nativa