@@ INDÚSTRIA DA PSICOPATOLOGIA (POEMA SOCIAL)

drogas1_1.jpg
Basta sonhar e produzirá loucuras,
Recuso-me a ingerir drogas...
Não importa a forma permitida,
No sonho todas as loucuras são lícitas.

A paixão é uma loucura,
Idéia legada pelos antigos,
Não importa se o cristianismo,
Fez articulação,
Valendo-se da situação.

Articulou paixão com pecado,
E ligou a loucura ao demoníaco,
A modernidade revelou que loucura é desrazão,
Com interesses e visão de capital,
Transforma a “loucura” em doença mental.

Se hoje as drogas ilícitas são problemas,
Que diremos das indústrias farmacêuticas?
Destrói todos os sonhos e gera dependência,
Adoece mentes e fortalece o sistema.

O crime é o mesmo ao se tratar de drogas,
Intencional, manipulador e interesseiro.

Fabricam loucuras não sonhadas,
Constrói mentes doentes e instituições...
Essa é a cara da nossa sociedade psicopata,
Perversa e humanamente desgraçada.



LÚCIA REGINA (NATIVA)