TERCEIRIZANDO AS PRÓPRIAS LOUCURAS


Como defininir as multiplas
 dimensões do psiquismo? Este passa por transformação da mesma forma que o mapa-mundi. Pontos cardeais psíquicos apontam para uma ou outra direção. Coexistem zonas pacíficas com outras turbulentas, superfícies amenas e montanhas íngremes, climas tórridos e zonas glaciais...

O mundo cavalga a galopes,
Sofre todos os golpes,
Homens cultos e sem nexo,
Suas vidas são um paradoxo.


Doenças do século os perturbam,
Stress, ansiedade e depressão,
Terceirizam todos os seus problemas,
Buscam em outros a solução.


SUS, plano particular, drogas ou bebidas,
Pensam estar lá a sua saída,
Compram remédios e mandam manipular,
É comprimido para dormir,
Outro para acordar.


Falta o para dor de pernas,
Outro para poder andar,
Vai terceirizando os problemas,
Auto enganando-se como dá.


Psicólogo é só pra maluco,
Assim dizem alguns: nem pensar!
Meu caso é para o Dr. Jacinto,
Ele conhece o meu problema.


Dr. Jacinto não perde tempo!
É só me vê Já sabe o que sinto,
Ele é de pouca conversa,
Receita logo o que preciso.


Vão adiando o problema...
Fica tudo na mão do Dr. Jacinto,
Deus me livre bater de frente com a causa!
Psicólogo devolve tudo, eu não admito.


Assim segue a humanidade,
Mentalmente doente e não admite,
Ir direto a causa do problema não permite,
Fica por conta do Dr. que também transfere,
Para diazepan, lisador, neozine...


Assim seguem as pessoas doentes e insatisfeitas sem descobrir a origem das suas insatisfações, mergulhadas nas ondas de consumismos as quais não dão mais conta. Se negam a enxergar e mudar de consciência, no momento de transferir os problemas, criam para si e geram outras turbulências.
Enquanto isso, fico observando as suas resistências em voltar para si mesma, onde, mora as causas de todas as dificuldades.


NATIVA